O Penúltimo Capítulo por Clarice Pessato

16:47

Heeey, mais um ano chegou, já fiz planos para realizar, me dedicar com blog, ler mais livros que li em 2014 e só coisas boas para acontecer em 2015, então vamos para a primeira resenha do ano, escrevi essa resenha com muito carinho que senti ao fechar o livro, as palavras de Clarice Pessato são maravilhosas, sua história sofrida do acidente, suas lutas, fiquei feliz em ler as palavras quando conheceu a fé de Deus, vamos conhecer a história agora!


Sinopse: Ao referir-se a capítulos, a autora 
faz uma alegoria como se a vida fosse um livro esperando um último capítulo com final feliz, Clarice, uma jovem de 18 anos, ativa e cheia sonhos, vê sua vida se transformar quando foi vítima de um acidente automobilístico que a deixou tetraplégica. 

Ela conta a história da luta contra a tetraplegia e a discriminação e que, pela fé, venceu o sofrimento e a falta de respostas, recebendo a capacidade para superá-los. Também mostra como Deus pode usar até mesmo as experiências mais dolorosas de nossa vida a fim de levar-nos para mais perto dEle e executar seus propósitos através de nós.






















O livro é biografia, contando a história real da Clarice Pessato, aos 18 anos tinha sonhos, planos para a vida, até que tudo desmoronou em 1981, Clarice e seu namorado Júlio estavam indo para São Leopoldo e depois Júlio seguia para Porto Alegre. O Acidente aconteceu de repente enquanto Clarice dormia. O Estado de Clarice era grave, foi internada em Porto Alegre.
Têm dois irmãos, Toni e Mônica, dois e três anos mais novos que Clarice, o pai de Clarice tinha próprio negócio, uma oficina mecânica.

Clarice estava em coma, a família tiveram que ficar em Porto Alegre, dormiam nas casas de alguns amigos, Clarice ficou tetraplégica, ai que começou a fase difícil que se transformou, queria muito saber o motivo porque aconteceu isso com ela.




















No livro a Clarice conta sobre sua infância, a adolescência, a escola que ela era muito inteligente, a faculdade que fazia em outra cidade, e os momentos difíceis depois do acidente que tiveram enfrentar.
Clarice não iria voltar á andar, fazia exercícios dos braços para mover, fez muitas amizades durante o tempo no hospital, quando recebeu alta e voltava para sua cidade, ficaria só na cadeira de roda, em casa ou no trabalho do pai ajudar no balcão, as pessoas ao redor que conheciam Clarice não sabiam como reagir na frente dela.
Começou a ler muitos livros, até que começou a ler a bíblia, a vida nova de Clarice mudou naquele momento.  Clari se entregou para Jesus Cristo, abriu o coração para entrar em sua vida, começou a participar em reuniões da igreja, na casa de Clari recebia crianças para falar sobre o amor de Deus, cantava músicas, contando histórias, a fé em Deus mudou a vida de Clari, conseguiu respostas para muitas perguntas. Porque Deus colocou Clarice num momento mais difícil? Porque ele tinha um propósito para vida dela!





















É tão lindo o que Clarice fala sobre a fé no livro, depois nisso ela conseguiu fazer curso em inglês, fez faculdade de letras, se tornou professora, escreveu textos bíblicos para jornal até conseguiu escrever o livro maravilhoso! Só Deus pode mudar a vida das pessoas para melhor. A Clarice passou por um momento difícil da vida, ela seguiu em frente, enfrentou, é uma guerreira, batalhadora, e feliz da vida!

"Não haverá borboletas se a vida não passar por longas e silenciosas metamorfoses. Depois disso, ela voa  embelezando a natureza com seu colorido e o que é mais importante: Espalhando sementes para produzir novas flores e frutos."

"A vitória não é dos que largam na frente, mas dos que perseveram  até o fim!"





















A Capa é tão bonita, não sabia o motivo da borboleta, até depois de ler a história, as folhas são brancas, a edição é ótima!
Agradeço muito á Clarice por me enviar o livro, eu amei ler sobre a história da vida de Clari, amei cada palavra sobre a fé, fiquei com vontade em ler mais haha

Depois que terminei em ler o livro, fui escutar diversas vezes a música que Clarice falou do livro “ Quando te encontro” de Kleber Lucas.

“Pois quando te encontro, me esvazio de mim, quando te encontro, me encho de ti”

Editora: Imprensa Livre
Páginas: 208
Ano de Lançamento: 2014
Classificação: ★★★★★

Fiquem com Deus!
Nos acompanhe nas Redes Sociais



Veja Também

6 comentários

  1. Oi Mandy tudo bem?
    Gente, adorei a edição *-* Ficou linda. E perguntinha: posso roubar essa maquina de escrever? KKKKKKKKK (Brinks).
    Achei o livro com uma pegada Se Eu Ficar, mas parece ser uma historia bonita e emocionante. Vou pesquisar mais um pouco. Pena da Clarisse, só pelo que voce descreveu sobre o acidente :(

    Abraços
    David Andrade
    http://www.olimpicoliterario.com/

    ResponderExcluir
  2. Oi, Amanda! Achei a capa muito bonita e acredito que a história seja muito linda e emocionante! Ótima resenha!

    Abraço

    http://tonylucasblog.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  3. Olá Amanda!
    Desconhecia o livro, mas fiquei interessada pelo simples fato dela ser gaúcha.
    Deve ser uma história emocionante. Superar as dificuldades e os tormentos que querendo ou não uma pessoa tetraplégica passa. Tenho uma prima assim, e não é fácil, não só pra ela, mas também para as outras pessoas da família!
    Bjs da Le
    Le Versos & Controvérsias

    ResponderExcluir
  4. Oi Amanda, tudo joia?
    Que amor esse livro, amei, estou apaixonada por ele e pela capa, lindo lindo lindo, preciso muito ler <3

    Beijos
    intoxicadosporlivros.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  5. Oi Amanda! :)
    Já percebi que é uma história muito marcante e emocionante, não costumo ler Biografias pois muito fácil me afeto com as coisas que as pessoas viveram, começo a chorar! Não queire ver!!!! Fico muito triste!
    Mas por essa ser uma história de superação acredito que meu olhar também seria diferente!
    Sua resenha ficou lindaaa!
    E a Clari é uma vencedora!

    Beijos e até logo!
    http://worldofmakebelieveblog.wordpress.com/

    ResponderExcluir
  6. Oi flor, amei seu lay, é muito lindo <3.
    Quanto a história da autora, fiquei bem mexida, a minha mãe é tetraplégica á 10 anos por um acidenete de trânsito, é evangélica, Deus já a colocou pra andar duas vezes e agora ela está na cadeira de novo, mas cremos que isso está sendo uma forma de colocar a fé dela á prova, a da família e para mostrar a todos depois que Deus é maior. Assim que ela voltar a andar tenho certeza que muitos verão que Deus é maior.

    bjs

    https://ateliedoslivros.blogspot.om.br

    PS:Obrigadinho pela visita

    ResponderExcluir