Agência de Investigações Holísticas Dirk Gently por Douglas Adams

14:51

Heeey, tudo bem com vocês? Assim que recebi o livro aqui em casa já iniciei a leitura, levei mais do menos três dias para terminar, apesar o livro ser fino ela me deixou confusa, vamos pular pra resenha que explicarei melhor *-*


Sinopse: A série O Mochileiro das Galáxias consagrou Douglas Adams por sua fina ironia e sua capacidade de elaborar histórias hilárias e inusitadas. Porém, essa não foi sua única obra-prima. Também na década de 1980, ele criou o personagem Dirk Gently, cujos elementos principais surgiram quando escrevia episódios para Doctor Who, outro ícone britânico da ficção científica.
Adams morreu em 2001, deixando dois volumes sobre as aventuras do detetive carismático e arrogante. Agora, finalmente, o primeiro livro é publicado no Brasil.
Richard MacDuff é um engenheiro de computação perfeitamente normal que sempre se comportou muito bem, obrigado, até o dia em que deixa uma mensagem equivocada na secretária eletrônica de sua namorada, Susan Way. Arrependido, toma a decisão mais natural possível: escalar o prédio dela e invadir seu apartamento para roubar a fita com a gravação.
Na vizinhança, Dirk Gently bisbilhota os arredores com seu binóculo quando presencia o ato tresloucado do antigo colega de faculdade e decide entrar em contato para lhe oferecer seus serviços investigativos. Depois de uma série de acontecimentos bizarros, o detetive percebe uma interconexão obscura entre a atitude estapafúrdia do amigo e o assassinato de Gordon Way – irmão de Susan e chefe de Richard, que passa a ser suspeito do crime.
De uma hora para outra, os dois veem-se envolvidos num caso incrivelmente estranho, com elementos díspares e desconexos que, no final, conseguem se encaixar de forma perfeita e construir uma trama típica de Douglas Adams.


Richard MacDuff é um engenheiro de computação na empresa WayForward Technologies II, seu chefe Gordon Way é trabalhador e grosseiro, sua irmã Susan Way é namorada de Richard. Richard se esquece de buscar sua namorada Susan, ele deixa uma mensagem em sua secretária eletrônica, se arrependeu e escalou o prédio dela para invadir o apartamento e pegar a fita de gravação.
Na mesma noite Gordon Way é assassinado na beira da estrada indo para o chalé no interior da cidade. Dirk Gently um investigador, antigo colega da faculdade de Richard estava de repente observando Richard em seu binóculo entrando no apartamento de Susan, Richard passa a ser suspeito do crime.
Achei o Dirk muito hilário, estava investigando o caso de Gordon, mas na verdade estava investigando coisas impossíveis que Richard entrou no meio, as coisas que estava investigando me deixou confusa, nesse meio de investigação apareceu Reg que é dono da máquina do tempo haha para descobrir é só ler.

Quando eu soube do lançamento eu apaixonei logo de cara pela capa e a sinopse me chamou muita atenção, criei expectativas e preparada para iniciar a leitura, e o resultado? O livro me decepcionou.
Já ouvi falar muito de Douglas Adams pela série O Guia do Mochileiro das Galáxias que todo mundo fala tão bem que ainda não tive chance em ler, fiquei animada para ler Agência de Investigações Holísticas Dirk Gently para conhecer a escrita do autor.

O começo achei estranho o Monge Eletrônico, era utensílio feito para poupar trabalho, apareceu em poucas partes da estória, e logo foi esquecido. Em algumas partes da história me deixou confusa e perdida, não sabia em que localidade estava, tive que ler algumas partes novamente para poder entender, lá pela metade do livro já dava para entender o que estavam fazendo, mas as coisas não encaixavam e isso me deixou confusa também.
A estória é narrada em 3º pessoa, me deixou confusa, a escrita podia melhorar para nos conquistar, mas a escrita de Douglas é do jeito dele mesmo, é hilário, fazem diversas criticas, segui diante até no final as coisas encaixaram. Alguns gostaram do livro apesar do gênero que estão acostumado a ler, o que mais me agradou do livro foi os capítulos curtos, se os capítulos fossem longos a estória seria arrasada, gostei bastante do personagem Dirk, a capa é tão lindas das galáxias haha

Para finalizar a resenha não podia faltar a caixa formado em pizza que recebi com livro dentro, no começo achei estranho e logo achei muito bacana hahaha, amei amei <3

Demorei um pouco para trazer a resenha porque escrevi várias vezes hahaha, o livro ganhou três estrelas pela capa, capítulos curtos e pela estória criativa tirando as partes confusas e arrasadas, espero que tenham gostado, fiquem com Deus!
Acompanhe nas redes sociais 









Veja Também

5 comentários

  1. Oi Amanda.
    Você não é a primeira pessoa que eu ouvi falar que se decepcionou com esse livro. É sempre uma pena como isso acontece né? Mas eu ainda quero pegar o livro pra ter a minha própria opinião. Espero não me decepcionar tanto assim.
    Agora, o que dizer desta caixa de pizza? Achei a idéia da Arqueiro sensacional!
    Beijos
    Carol
    www.sobrevicioselivros.com

    ResponderExcluir
  2. Eu ainda tenho problemas com Douglas Adms. Comprei a coleção completa de O Guia Do Mochileiro Das Galaxias numa promoção do submarino e ainda estão aqui, para ler. Apesar dos livros serem curtos são muito pesados e confusos, as vezes eu penso que pode até ser a tradução, mas, pelo jeito é do Douglas mesmo. E é por isso que ainda estou no segundo volume esperando digerir um pouco de tudo que passou. Vim exatamente ler pra ver se com esse poderia me arriscar com o autor mas pelo jeito... Não.

    Parabéns pelo blog e pela resenha!
    girafasnotelhado.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  3. Oieee primeira coisa, essa embalagem de pizza hein?! rsrs
    quando eu soube do livro fiquei interessada nele, mas aí tinha um Harlan Coben dando sopa e esse ficou de lado, mas confesso que lendo sua resenha me deu vontade de ler, ele não é mesmo do gênero que estou acostumada, mas percebi que tem um lado engraçado que me despertou a curiosidade, pretendo ler esse ano ainda!!! super dica!

    ResponderExcluir
  4. Oiee ^^
    Não tinha ficado muito animada quando vi esse livro no catálogo de lançamentos da editora, nunca li "O guia do mochileiro", porém sempre achei que deveria ser uma história bem maçante *-* acho que foi por isso que não quis "Agência de Investigações". Uma pena ele ser confuso :/
    MilkMilks
    http://shakedepalavras.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  5. Eu nunca li nada do autor mas já muita gente falando dele e do mochileiro das galáxias. Vi esse lançamento e o livro já foi para minha lista de desejados. Eu achei a capa bem legal e seria uma boa começar por ele e conhecer a escrita do autor. Mas agora com a resenha não sei se vou gostar tanto assim. De qualquer forma quero muito ler para ver se gosto ou não de Douglas Adms. hehe :)

    Ps: como não amar essa embalagem maravilhosa de caixa de pizza? hahaha :P

    Beijos!
    http://www.prateleiracolorida.com.br/

    ResponderExcluir